Organização Pessoal

Pomodoro: como usar o método para uma rotina com mais produtividade

Já tentou usar o método pomodoro para combater a procrastinação? Eu já usei e para algumas tarefas ele funciona super bem, pois o método te força a focar exclusivamente em uma única tarefa por um determinado tempo e antes que o seu cérebro pense em distração, o pomodori já acabou e então você pode relaxar sem culpa.

A técnica pomodoro nasceu nos anos oitenta e foi criado por Francesco Cirillo e desde então vem sendo compartilhado como dica de produtividade, de anti procrastinação e em minha opinião, também pode ser usado como ferramenta de medição do desempenho.

Afinal, a finalidade do pomodoro é usar um determinado tempo para fazer uma única tarefa, logo, se você passa o dia trabalhando com o pomodoro você vai ter indicadores do quanto você fez durante o seu dia e quantos pomodori você usou para cada tipo de tarefa.

Sim, o pomodoro é um fofo cronômetro em forma de tomate, pois foi inspirado em um relógio de cozinha, talvez enquanto Francesco fazia macarrão.

  • Pomodoro = tomate em italiano
  • Pomodori = tomate no plural e como é chamado cada bloco de tempo.

Como funciona o método pomodoro

Pomodoro é o termo usado para representar um ciclo de de foco, onde você vai usar duas horas divididas em quatro pomodori que são os intervalos de trinta minutos que compõem um pomodoro completo.

produtividade com pomodoro

Logo, cada atividade deve ser executada por exatos vinte e cinco minutos seguido de cinco minutos de pausa e ao final do intervalo você deve iniciar o próximo pomodori e seguir esse mesmo fluxo até completar as duas horas que representa um pomodoro.

Para o pomodoro funcionar de verdade

Antes de sair cronometrando qualquer coisa, volto ao ponto de sempre: tenha um objetivo e tenha clareza do que quer realizar, do contrário sem você não vai sentir os efeitos desse método, por isso você vai precisar de:

  • Lista das tarefas que precisa fazer
  • Lista de qual atividade vai focar nesse pomodoro
lista de tarefas para o pomodoro

Coloque na folha todas as tarefas que você precisa fazer (caso você tenha uma lista de inventário com todos os projetos que você queira realizar, você pode tirar as tarefas para pomodoro dessa lista focando em um projeto).

Interrupções

Ainda que seja somente vinte e cinco minutos, são vinte e cinco minutos valiosos que pode desafogar a sua lista de tarefas, por isso evite qualquer tipo de interrupção neste momento.

Se possível desligue as notificações do celular, se programe para não ser interrompido por outra pessoa e não vá se distrair com qualquer outra coisa que não seja a sua tarefa.

O pomodori deve ser exclusivo para o que está programado.

Intervalo

Mesmo com vontade de continuar na tarefa ou já pular para o próximo pomodori programado, se contenha e use os seus cinco minutos para realmente relaxar. 

Levante, vá tomar um ar puro, tome um café, uma água, aproveite para espiar o celular se já estiver com a abstinência no auge e ao final dos cinco minutos, volte ao próximo pomodori.

Pomodoro na vida real

Depois de saber o que precisa ser feito é a hora de distribuir as tarefas no pomodoro.

método pomodoro passo a passo

Vou dar a você um exemplo prático de como já usei o método do pomodoro na minha rotina para estudar sobre o mundo do marketing digital e para execução de um projeto.

  • 1º pomodori: Produção de conteúdo (25 minutos)
  • 2º pomodori: SEO (25 minutos)
  • 3º pomodori: Reaproveitamento do conteúdo (25 minutos)
  • 4º pomodori:: E-mail marketing (25 minutos)

Ele também ajudou na construção desse blog:

  • 1º pomodori: Pesquisar sobre nicho (25 minutos)
  • 2º pomodori: Definir as categorias e temas do blog (25 minutos)
  • 3º pomodori: Escolher a plataforma e o template do blog (25 minutos)
  • 4º pomodori: Pesquisar os plugins para o blog (25 minutos)

E ao final do último pomodori o merecido descanso por um período maior de 15 a 25 minutos e então, segue para o próximo pomodoro.

Se você acabar a tarefa, mas ainda tiver alguns minutos rolando no cronômetro, então use o tempo restante para ler ou fazer qualquer coisa relacionada a atividade inicial, não mude de atividade antes do pomodori acabar.

E se o pomodori acabar antes que você tenha terminado a tarefa, então finalize o pomodori quando o cronômetro apitar e escolha entre usar o próximo pomodori para continuar a tarefa ou siga o planejamento inicial e depois crie um novo pomodoro para essa tarefa que possa ser longa.

Concluindo

O pomodoro é prático e dá para aplicar para vários fins, para mim o método foi realmente eficiente e me ajudou a colocar as coisas em prática.

Mas, depois de alguns testes com o pomodoro, eu percebi que comigo não funciona muito bem  usar o pomodoro para fazer tarefas que são contínuas, como por exemplo, escrever um post, pois prefiro começar e só parar quando terminar, independente do tempo que vai levar.

Então, faça testes, personalize os pomodoris e intervalos de descanso, use um pomodoro completo e encontre a melhor maneira de usar a ferramenta.

Aqui trouxe para você o funcionamento e diretrizes do método, mas a mágica em usá-la está em colocar o seu toque pessoal e criar a sua versão do pomodoro. O importante é você conseguir manter o foco e deixar a procrastinação de fora.

Portanto, não se esqueça de que nada aqui é regra, tudo é sugestão e inspiração, então não esquece de comentar aqui no post se você já usou o pomodoro e o que acha desse método.

Compartilhe, inspire e floresça!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Compartilhe & Floresça!

Compartilhar
Pin
Twittar
Compartilhar