Organização Pessoal

Ano pessoal: como usar a o seu aniversário para fazer novos planos

Qual é o seu ritual de aniversário?

Eu realmente sou fã de novos ciclos, sou fã de recomeços e de fazer planos para o que ainda está por vir.

Ano novo é geralmente a época do ano em que muitas pessoas param por alguns momentos para refletir sobre a vida, para rever o que passou e para fazer planos para o ano que está por vir.

Eu também já fiz parte desse grupo e adorava fazer listas de resoluções para o novo ano, mas já tem um tempo que dei outro significado para esses costumes de ano novo e ressignifiquei a palavra ano novo:

  1. já não faço mais lista de resoluções quando um ano chega ao fim, ao invés disso eu gosto de fazer uma lista de tudo o que eu fiz no ano que passou e anotar tudo de bom que aconteceu na minha vida.
  2. Parei de fazer listas ao acaso e esperar que a sorte bata na minha porta para fazer as coisas acontecerem. Agora sou mais realista com o que eu quero conquistar e troquei a lista sem fundamentos pelo planejamento dos sonhos, metas e objetivos.
  3. faço a revisão e planos para o futuro no dia do meu aniversário e não mais no fim do ano.  Adotei a data do meu nascimento como a data de ano novo. Criei o meu próprio ano pessoal.

O que é o ano pessoal?

Além de todos os ciclos que encerramos e começos na vida, cada uma de nós tem em um ano e uma data de start onde tudo começou: o aniversário.

Já parou para pensar que mesmo que todos se reúnam para celebrar a chegada de um novo ano, você por si só já tem o seu ano pessoal, o seu início de ciclo particular?

Repare que geralmente quando as pessoas dão parabéns pelo dia do aniversário, elas costumam a dizer: que nesse novo ano ou que nesse novo ciclo tal coisa se realize.

Eu sempre digo isso quando dou parabéns a alguém e isso é porque realmente o aniversário é o símbolo de um ano novo, de um caderno em braco e de um recomeço, mas um recomeço particular e não coletivo como é no final do ano.

Então o ano pessoal é você celebrar, revisar e fazer planos a partir do seu aniversário, a parti do seu ano novo.

Como fazer o planejamento do ano pessoal

Em primeiro lugar é importante dizer que você não precisa excluir os seus rituais de ano novo ao aderir ao plano de ano pessoal, você pode usá-lo como complemento e como ponto de revisão para o seu plano.

Eu por exemplo, faço aniversário em julho, então todo o meu planejamento de projeto de vida começa em julho e “termina” em julho do ano seguinte (isso para os planos de curto prazo que eu quero que se concretize em um ano).

E quando chega em dezembro uso o clima de ano novo coletivo para revisar o que já foi feito e o que ainda preciso fazer até o próximo mês de julho.

Então, não importa em qual mês você faz aniversário, você pode e dever ter o seu próprio planejamento de ano pessoal.

Para começar a fazer o seu planejamento pessoal, eu indico que você tenha um caderno do florescer, um planner ou qualquer outra alternativa que você possa fazer as anotações e acompanhamento.

Depois eu indico que você escolha de uma a três áreas da sua vida para colocar o seu foco nos próximos meses. Não que todas as áreas não sejam importantes, mas quanto mais direcionado estiver o seu foco, mais resultados você vai ter.

O que é importante ter no planejamento pessoal

Planejar a sua vida vai muito além de só definir o que você quer realizar no seu próximo ano pessoal, é preciso ter fundamentos no que você quer viver também no futuro (longo prazo).

Mas saber o que você quer concretizar no próximo ano já é com certeza um começo.

Criei um plano do florescer para ajudar você a estruturar e organizar os seus sonhos. Lá eu dou um passo a passo para você começar a organizar a sua vida e os seus planos. Pega ele aqui

Depois de saber o que você quer a longo e médio prazo, vamos focar no curto prazo que você pode fazer de ano a ano, assim fica mais fácil de você se orientar enquanto caminha.

E os pontos que precisam estar no seu planejamento de ano pessoal são:

  • Visão geral do ano: considere o período de dozes meses entre um aniversário e outro. Por exemplo: de agosto de 2020 a agosto de 2021
  • Objetivo maior: pensando na área da vida que você escolheu e pensando no período de um ano, tenha clareza sobre qual é o maior objetivo que você quer realizar nesse novo ciclo.
  • Metas mensais: transforme o seu grande objetivo em objetivos menores para conquistar a cada mês. É como transformar o seu objetivo maior em várias peças de quebra-cabeça, ao final com as peças juntas você vai ter alcançado o que deseja.
  • Acompanhamento das metas: acompanhar as metas é crucial para conseguir chegar ao objetivo maior.
  • Checklist de tarefas: não vai existir objetivo ganhando vida se você não trabalhar diariamente para alcança-lo, então tenha sempre por perto uma lista do que precisa ser feito diariamente.
  • Revisão mensal: se vamos quebrar um objetivo em doze partes para ser cumprido a cada mês do ano, então nada mais sensato do que fazer revisão mensal do que foi feito e se a meta do mês foi cumprida.
  • Anotações: tenha sempre espaço para anotar ideias, pensamentos, sentimentos, vitórias e dias ruins. Isso vai ser importante para a sua revisão ano novo pessoal.
  • Inspirações visuais: além de ver, de saber e de escrever os seus objetivos é legal você também conseguir visualizar, então tenha um quadro visual dos seus objetivos para esse ano.

Com esses itens o seu planejamento de ano pessoal vai estar pronto para te apoiar e acompanhar você nessa jornada.

Quadro de sonhos para o ano novo pessoal

Eu sei que manter a motivação e não desviar o foco por uma semana já é difícil, agora imagina durante um ano todo, por isso a minha sugestão final e que eu amo fazer é para que você tenha o seu quadro dos sonhos.

Ter visualmente os seus sonhos e objetivos bem a vista vai ajudar a dar um gás nos dias de desanimo e um gás maior ainda quando você estiver muito produtiva.

A minha dica é que primeiro você crie no Pinterest uma pasta com o nome de ano novo pessoal e nela você salve fotos que represente tudo o que você quer realizar no próximo ano.

Depois você seleciona ao menos uma foto para cada objetivo e faça impressão.

Compre uma cartolina ou faça em uma sulfite se achar melhor e cole as imagens, escreva os objetivos, use lápis de cor, canetinha e tudo o que faz bem aos seus olhos.

Use esse momento como uma alternativa para relaxar e depois que o seu mural estiver pronto, cole em um lugar visível, pode ser no guarda roupa, no espelho, na parede do seu quarto.

Coloque em um lugar onde você visualiza com facilidade. Eu tenho um mural desse no meu caderno do florescer e agora fiz outro que colei no meu guarda-roupa.

Concluindo

Ainda que o mundo esteja de ponta cabeça e que a gente já não tenha tanto controle sobre o futuro, eu sigo acreditando que devemos fazer a nossa parte.

A nossa parte de acreditar, de se planejar, de fazer o nosso melhor nas condições que temos.

O planejamento de ano pessoal foi a maneira mais intima e particular de plantar, regar e fazer florescer a vida que eu quero viver.

Deus nos fez únicas, cada uma com a sua missão, então por que não usar a data que chegamos a esse mundo para guiar os nossos planos de vida?

Não sei, mas para mim isso faz muito sentindo. Tanto sentido que nem sei como não pensei nisso antes.

O que você acha, faz sentindo planejar a vida a partir do nosso aniversário?

Me conta aqui o que você acha disso e se você fizer o seu planejamento de ano pessoal, por favor, não esquece de me contar como foi.

Compartilhe, inspire e floresça!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Compartilhe & Floresça!

Compartilhar
Pin
Twittar
Compartilhar